TAG | Amor à terceira ouvida

Imaginem minha surpresa ao estar lendo o blog do Dougie, e me deparar que ele me indicou novamente a uma tag kpopeira, algo me me deixou muito feliz, sinceramente. E já que essa é a segunda tag que ele me indica, já posso afirmar que somos MELHORES AMIGOS, NÉ??!! Mas enfim, vamos deixar minha aminação de lado e nos concentrar na TAG: 

Não sei quem criou a  tag "Amor à terceira ouvida" mas ela consiste em montarmos um pequena playlist (5 a 6 músicas) com músicas que não nos cativaram no primeiro momento, mas que depois de 20 ouvidas 3 OUVIDAS já começamos a chamar de hino. Eu havia visto essa tag rolando pelos blogs que sigo e apesar de ficar com muita vontade de fazer, parecia meio errado/solitário fazer sem indicação, MAS ISSO MUDOU então agora vou poder listar minha versão da tag para vocês!!!! [very very excited]

Gfriend - Fingertip

Quando Fingertip saiu, eu sabia que o single tinha tudo que eu poderia esperar de um girl group fodão, parecia bem girl power, tudo que eu geralmente adoro. Mas não importava o quanto eu ouvisse a música ou quanto os blogs de kpop elogiassem essa nova empreitada de Gfriend eu simplesmente não consegui gostar do single. Levou meses, na verdade foi agora no começo de Agosto, quando Gfriend estava perto de fazer um comeback puro e inocente que eu me peguei ouvindo o single várias vezes por dia. E não é que é hino mesmo? 

 Girls' Generation - I Got A Boy

Ah, as primeiras tentativas de ouvir IGAB foram uma experiencia totalmente torturante. Eu simplesmente a achei  MUITO BARULHENTA, muito fora do eixo, algo tão diferente de Run Devil Run e Gee, minhas preferidas de SNSD na época, que eu simplesmente não conseguia gostar dela. Mas como eu tenho uma playlist dedicada a Girls' Generation no celular, acabou de IGAB tocar no aleatório diversas vezes, o que me fez acabar gostando do single, e colocar ele SEMPRE quando decido incorporar a Beyoncé e dançar no meu quarto de madrugada. Acontece.

Mamamoo - Decalcomanie

Mamamoo nunca realmente funcionou comigo, mesmo um ou outro single delas sendo elogiadíssimo por tipo, todo mundo, nunca consegui entender bem a causa de tanto alvoroço. Para mim qualquer single delas soava muito parecido um com o outro e era tudo gritaria. Até que esses anos elas voltaram com Yes I am, que surpreendentemente eu acabei gostando, então eu pensei, "não é possível que elas só tenham um single bom", e lá fui eu escutar algumas músicas e acabei me apaixonando por Decalcomanie, tipo, uma ano depois de ter sido lançada hehe. Cada uma né?

Girl's Day - I'll Be Yours

Bom, já que estamos na quarta faixa já, da para começar a perceber um certo padrão nas músicas que eu não gosto de cara, elas geralmente soam mais "barulho" do que música em uma primeira ouvida. Isso aconteceu muito com I'll Be Yours, das deusas Girl's Day. Eu lembro de ter amaldiçoado o Asian Junkie por ter falado bem do single quando, pasmem, era uma verdadeira porcaria, e que ele só falava bem dos singles onde tinha alguma integrante que ele queria ficar (bom, isso nem tá muito longe da verdade, sério...) Mas I'll Be Yours cresceu muito comigo, e nem demorou meses ou anos, foi foram algumas semanas mesmo. 

Red Velvet - Rookie

Rookie me irritou de uma tal maneira, vocês não tem ideia. Eu adoro Red Velvet e ver elas incorporando uma voz de crianças de 5 anos me deixou bem decepcionada. Tanto que eu praguejei aos sete ventos no Twitter falando como Rookie era ruim. Mas ai acabei ouvindo o single diversas vezes pelo aleatório do celular até que a única coisa que ficou no final foi ROOKIE MAIOR HINO DE 2017, ok, exagerei, mas hoje em dia é uma das minhas preferidas. 

9Muses - Wild

Desde que entrei no kpop sempre vi gente falando bem de 9Muses, elogiando bastante o grupo e sua música, o que me fez procurar mais sobre as meninas e acabar virando fã de carteirinha. Mas se tinha um single que eu não conseguia gostar delas era Wild, e isso acabou levando muito tempo. Tanto que na minha playlist "9Muses" Wild foi a ultima a ser adicionada. O que vocês obviamente devem saber ser a pior idiotice que eu poderia ter feito, né. Porque Wild é uma das minhas músicas preferidas de todos-os-tempos. SNSD could never, honestamente.

Então é isso, espero que gostem e se não concordarem com alguma indicação da lista, fiquem a vontade de comentar :) E quero agradecer mais uma vez ao Dougie por ter me indicado e dizer que adorei responder essa TAG ^^

Vejo vocês em breve 

Reading Agenda

O "Reading Agenda" ou Agenda de Leitura é um post não fixo [leia-se: pode e irá sofrer atualizações] no qual eu irei listar todos os livros da minha estante não lidos. Isso é uma forma de me organizar e criar metas de leitura, já que daqui mais ou menos um mês irei trazer uma novidade para o blog, e se tudo der certo as coisas vão ficar bem movimentadas. 

Mas chega de explicações e vamos a lista infinita:  

Livros ainda não lidos da minha estante

1 - Os Crimes ABC
2 - Nêmeses
3 - O Mistério dos Sete Relógios
4 - Treze à Mesa
5 - O Natal de Poirot
6 - Verônica Decide Morrer
7 - A Música do Silencio
8 - Assassinato no Expresso do Oriente
9 - Casório?!
10 - Objetos Cortantes
11 - Alfred Hitchcock e os Bastidores de Psicose
12 - Água para Elefantes
13 - O Pistoleiro
14 - Treze Mulheres e um Colar de Diamantes
15 - Bridget Jones – Louca Pelo Garoto
16 - O Oceano No Fim do Caminho
17 - Temporada de Caça
18 - Clube da Luta
19 - Pinóquio
20 - O Medico e o Monstro
21 - Bravura Indômita
22 - Uma Estranha Simetria
23 - Christine
24 - The Catcher in the Rye
25 - M ou N?
26 - Cem Gramas de Centeio
27 - A Maldição do Espelho
28 - O Ladrão de Raios
29 - O Mar de Monstros
30 - A Maldição do Titã
31 - A Batalha do Labirinto
32 - O Ultimo Olimpiano
33 - Harry Potter e a Pedra Filosofal*
34 - Harry Potter e a Câmara Secreta*
35 - Harry Potter e o prisioneiro de Azkaban*
36 - Harry Potter e o Cálice de Fogo*
37 - O Hobbit
38 - Crônicas de Nárnia
39 - O Dragão de Gelo
40 - Orgulho e Preconceito
41 - O Cavaleiro dos Sete Reinos
42 - A Mansão Hollow
43 - A Casa do Penhasco
44 - OS Trabalhos de Hércules
45 - Morte na Mesopotâmia
46 - Convite para um Homicídio
47 - Hora Zero
48 - Um Corpo na Biblioteca

Em negrito: o livro destacado em negrito é o livro que estou lendo atualmente. Sempre será assim, eu irei grifar o titulo que estou lendo e quando terminar sua leitura irei exclui-lo da listagem. 

*Eu li toda a serie de Harry Potter quando eu era muito nova, isso quer dizer há uns bons 15 anos atrás, e naquela época eu pegava os livros emprestados de uma amiga que também gostada da serie, já que não tinha dinheiro para compra-los. Então os primeiro 4 livros da saga foram prejudicados, pois não me lembro quase nada deles, muito diferente dos 3 últimos livros. Por isso decidi reler parte da saga, para manter tudo fresco na memória, já que Harry Potter foi o livro que marcou minha entrada no mundo da literatura. 
A ideia original desse post era ele ser junto com a pagina de "About, Arquivo, etc" mas acabou não dando certo. Mesmo assim espero que gostem e também se inspirem a começar seu próprio projeto de leitura :)

Vejo vocês em breve 

Around #4

Nossa, como faz tempo que eu não faço um Around post por aqui. O ultimo foi em janeiro desse ano, mais de 6 meses atrás. Mas já que estou cheia de promessas então quem sabe eu realmente consiga aumentar a frequência de publicações no blog né.

Pois bem, eu ando com essa mania de deixar minhas fotos com uma paleta de cores mais parecida, para criar um tipo de marca e reconhecimento entre meu portfólio, é claro que ainda tenho muito o que acertar, e para falar a verdade não sei se gosto dessas fotos mais clean, ainda acho que preciso encontrar o equilíbrio entre as fotos que imagino e as que consigo fotografar. Mas de qualquer maneira, vou tentando. E falando em tentar, estou lendo um livro que fala sobre tentativas, bem interessante, quero resenha-lo aqui no blog em um futuro breve.

Outro vicio que tem tomado força por esses dias é minha obsessão por plantas, suculentas, cactos, e tudo que remeta a um ambiente mais verde. Ando tão apaixonada por projetos de decoração que misturam natureza e modernidade, é claro que meus vasinhos com uma suculenta ou outra não irão fazer muita diferença gritante, mas a ideia está ali de qualquer maneira, mesmo de um jeito mais tímido.

Ah, bem, sabem quando eu comentei sobre a transição capilar? Bom, ela continua firme na minha cabeça, e principalmente no meu cabelo, que já começou a mostrar sinais de cachos aqui e ali. Eu bem que preferia que as coisas fossem mais rápidas, mas creio que só saberei como é ter cabelo cacheado novamente daqui um ano ou dois. E quem sabe o que pode acontecer até lá.
E por fim mas definitivamente não menos importante temos a parte *mais fofa do mês* onde eu adquiri Tsum Tsum do Bisonho e Alice e ainda ganhei mais um Pop Funko para minha coleção, minha querida Usagi vulgo a maravilhosa Sailor Moon.

Ah bom, esse post provavelmente ficou muito longo demais, mas isso é até que bom, já que fazia muito tempo que não conseguia sentar na frente do notebook e simplesmente escrever.

Já disse que o girl group da nação voltou? Girls' Generation

Vejo vocês em breve 

6 on 6 (August of 2017)

Bom, como no ultimo mês eu completei 25 anos, o 6 on 6 do mês de agosto ficou com um clima mais festivo do que o normal. Sim, todas as fotos que eu tirei para o post tem alguma relação com meu aniversário, e já que esse ano (2017) está sendo um período de mudanças para mim, achei justo deixar registrado aqui esses momentos, como se fosse um livro de memórias. 

1 - Parabéns para mim :) 
2 - Docinhos coloridos
3 - Não é todo dia que alguém completa 1/4 de século, né? 
4 - As mais belas flores
5 - Capitulo 25 de um livro me cativou imensamente
6 - Ganhei esse lírios da minha mãe<3

E para completar esse mês Girls' Generation estão completando uma década de carreira, então nada mais justo do que linkar aqui minhas músicas preferidas das deusas da nação ;) 

um - dois - três - quatro - cinco

Vejo vocês em breve 

Para todos os garotos que já amei (Jenny Han)

- Sinopse
Lara Jean guarda suas cartas de amor em uma caixa azul-petróleo que ganhou da mãe. Não são cartas que ela recebeu de alguém, mas que ela mesma escreveu. Uma para cada garoto que amou — cinco ao todo. São cartas sinceras, sem joguinhos nem fingimentos, repletas de coisas que Lara Jean não diria a ninguém, confissões de seus sentimentos mais profundos.

Até que um dia essas cartas secretas são misteriosamente enviadas aos destinatários, e de uma hora para outra a vida amorosa de Lara Jean sai do papel e se transforma em algo que ela não pode mais controlar.
- Capa
Talvez esse seja um dos poucos livros que eu comprei pela capa que eu realmente tenha gostado. Eu adoro capas que são fotografias, e todos livros dessa serie são assim. Fotografias lindas e delicadas sobre a protagonista, Lara Jean. Além de que, eu amo essa fonte que é escrito o titulo do livro, é como se estivéssemos prestes a ler um diário. 

- É fiel ao que se propõe? 
Eu nunca fico muito animada quando a história é sobre adolescentes, e bom, esse livro é basicamente isso, todas as descobertas que uma adolescente vai encontrando nos seus 15 anos, então sim, perfeitamente fiel. 

- Pontos positivos
Hmmm, todos? A escrita da Jenny Han é muito fácil e gostosa de se ler, é como se uma amiga estivesse te escrevendo um história. Eu realmente amei absolutamente tudo a respeito desse livro. Ele me surpreendeu muito, e se não fosse meu trabalho, certamente eu teria lido tudo em um dia. Sem contar que a autora sabe que personagens secundárias são essenciais, e todos eles possuem uma importância na história. 

- Pontos negativos
O livro termina muito rápido, e de um jeito bem surpreendente, o que te faz querer a sequencia para ontem. Mas isso nem é realmente um ponto negativo, é apenas a consequência de uma ótima leitura.
- Vale a pena? 
Vale muito a pena, é uma história simples mas de uma profundidade absurda, quer dizer, toda profundidade que uma garota de 15 anos pode arrumar. A protagonista, Lara Jean me surpreendeu sendo basicamente bem parecida comigo, tímida e sonhadora, então acabei criando um tipo de vinculo com ela. Além de que esse é o primeiro livro de uma autora norte americana asiática que eu leio, e há personagens asiáticas, tipo a Lara Jean e suas irmãs. E essa representatividade é muito importante. Esse livro é muito amor, simplesmente <3

3 anos de NSJ, 1/4 de século e coisas que nos definem

O blog Não Seja Julieta completou 3 anos nesse mês de Junho/Julho, viva!!! E parando para observar, do dia 1 para cá nada nunca mudou de verdade, quer dizer, eu mudei, mas o blog em si, bom ele só acumulou mais algumas desculpas da minha falta de frequência em postagens e o fato de eu sempre culpar a faculdade. É claro que eu queria postar mais, mas além da faculdade, ando bastante desanimada e sem ideias. Além de que, todo o primeiro semestre do ano de 2017 foi focado na cirurgia que mudaria minha vida. Bom, as mudanças ainda estão acontecendo, então veremos. 

O blog NSJ, como alguns devem saber, é uma parte de mim que eu prometi nunca abandonar, e apesar da escassez, pelo menos 1 post por mês acontece por aqui, mesmo eu sabendo que é muito pouco. Minha inspiração deu de pregar peças em mim, ela chega sempre quando: 1 estou no trabalho e 2 é sábado de madrugada. Bom, não é a toa que é 2 da manhã e vos escrevo. 

Eu amo esse blog e ele vai ficar por aqui por muito, muito tempo, então um dia eu consertarei tudo, colocando as postagens em seus devidos eixos (pública-las) e fotos novas em dia :) [promessa]

E para melhorar tudo, hoje eu completo 25 anos, wow. 1/4 de século e nem um pingo de sabedoria para compartilhar, essa sou eu. Mas ainda sim, continuo um bocado a mesma-pessoa-diferente. Mas seguimos com alguns fatos interessantes sobre a garota de 25 anos do signo câncer com ascendente no momento esquecido: 

- Minha vontade de viajar o mundo continua firme e forte, o único impedimento é a parte financeira, mas isso é outra história e não depende completamente de mim.

- Contei hoje e descobri que tenho apenas 120 livros na prateleira, creio que para uma pessoa que se diz tão bookaholic assim isso é um número muito baixo, trabalharei nisso. 

- Tenho apenas 7 álbuns na minha mini mini coleção musical. 

- Estou lendo 3 livros simultaneamente e me sentindo uma rebelde, são eles: "Para todos os garotos que já amei", "Para Sir Phillip, com amor" e "Beijos Infernais". 

- Tenho 3 gatas no momento: Luna, Celina e Emma.

- Não fiz nenhuma tatuagem no ultimo ano, sorry

- Faz 3 anos desde ultima vez que gostei de alguém. 

- Não curto muito a faculdade que estou fazendo, preferia estar estudando fotografia. 

- Amo todos os tons de roxo que se possa imaginar.

- Tenho um planner e realmente planejo minha semana nele. 

- Gosto de pijamos longos e batons escuros. 

- Gosto de dançar que nem louca no meu quarto. 

- Quero escrever um livro, e já tenho 2 boas ideias, porém é necessário amadurecimento.

- Me conheço um pouco melhor hoje em dia, e isso faz com que todas as coisas do mundo tomem outra perspectiva. 

E por ultimo porém não menos importante, a música que marcou meu aniversário foi essa do link abaixo, porque se tem algo que me define são músicas-temas-de-aniversário-que-funcionam-muito-melhor-na-minha-cabeça, mas isso nem é tão importante, porque IU arrasa mesmo quando eu não faço aniversário, né? 

Então....feliz aniversário para mim, para o blog e para qualquer um que esteja completando algo esse mês/dia :) 

Vejo vocês em breve 

6 on 6 (July of 2017)

Eu quase esqueci de postar o 6 on 6 desse mês hehe, mas como podem ver acabei lembrando de ultima hora, e para minha sorte eu já havia tirado várias fotos, não exatamente para o 6 on 6, mas para um outro projeto. Porém como eu tirei 'fotos a mais' consegui encaixa-las no post de hoje. A única coisa ruim é que as fotos desse 6 on 6 ficaram bastante homogêneas, mas mesmo assim espero que gostem.

1 - Lavanda
2 - Suki, vaso prateado, pequena suculenta, abacaxi prateado e um dos livros que estou lendo
3 - Baby plant com a Suki + xícara maravilhosa
4 - Outro angulo
5 - Câncer, meu signo maravilhoso
6 - "Olhamos para as estrelas com admiração e fascínio..." (Livro: Em Algum Lugar Nas Estrelas)

E hoje vou indicar 5 canais no Youtube que tenho acompanhado ultimamente: 1 - 2 - 3 - 4 - 5

Vejo vocês em breve 

Cabelo Cacheado e Transição Capilar

Bom, desde começo do ano eu estava pensando em para de fazer alisamento nas minhas madeixas, os motivos são vários e é sobre isso que quero falar hoje. Então vou aproveitar que estou afastada do trabalho alguns dias e colocar algumas ideias em post e enfim publica-las, amém? 

Primeiro de tudo, e algo que possivelmente apenas minha mãe e irmã saibam, é que eu nunca quis alisar o cabelo. Sim, pois é. Foi lá em 2010 onde a onda de alisamento começou a alastrar tudo quando é foi canto do mundo. E é claro que mesmo vivendo em uma cidade pequena no interior de São Paulo, essa febre também acabou chegando aqui. Todo mundo sabe disso, mas só para relembrar, naquela época cabelo liso era sinônimo de beleza e cabelo crespo/cacheado/afro era sinônimo de feiura, tudo assim bem simplificado. É claro que a internet em 2010 não chega nem perto do que é hoje, e por isso quando você via esses tipos de afirmações nos meios de informações disponíveis, você acreditava. Eu não fui diferente. 
Mesmo cedendo a padronização, eu resisti até o ultimo minuto, é claro que ninguém apontou uma arma na minha cabeça me obrigando aquilo, mas se para cada 10 pessoas que te vissem de cabelo solto 9 te dissessem para alisar, soaria como um ultimato, né? Bom, no final das contas, acabei alisando, lá em 2012 e.... ficou mais ou menos. 

Desde começo do alisamento, eu achava que meu rosto não se encaixa naquele cabelo escorrido. Eu tenho o rosto bem redondo, e tudo ficava tão estranho... mas foi ai que comecei a pintar o cabelo que nem louca, creio eu, tentando achar alguma identidade naquela nova aparência. Mas a parte engraçada, é que quando eu tentava coisas como: cabelo loiro, cabelo curto, cabelo ruivo, franja, nenhuma dessas coisas ficava "boa" em mim, pelo simples fato que cada mês que passava minha raiz crespa crescia, e tudo ficava com uma aparência feia (not my words). 
Além de que, eu não sei se mais alguém que faz alisamento passa por isso, mas a cada 3 meses eu tenho que fazer retoque, o que significa passar por 4 horas de tortura, basicamente. Meu cabelo é puxado e meu couro cabeludo é queimado de uma maneira tão dolorosa que durante todos esses anos de alisamento eu já pensei em desistir de ter o cabelo liso só pela dor inúmeras vezes. 

Mas hoje, estou desistindo do cabelo cacheado por: não gosto do meu visual com o cabelo liso, não acho que combine com minha identidade mais. Hoje em dia ter cabelos cacheados é algo libertador e LINDO. Existem INÚMERAS marcas de cosméticos que investem em cabelo cacheado e há várias blogueiras apoiando e mostrando toda a beleza que há em ser você mesma. E por ultimo mas não mesmo importante, eu não farei mais alisamento por doí. Simples.
Então é isso hehe, eu ilustrei o post com fotos que encontrei no Pinterest pois estou com o cabelo bem liso ainda, então não valia a pena colocar fotos minhas, mas assim que as coisas estiverem mudando eu atualizo o blog sobre o assunto :)

Ps, só para vocês terem um noção, existem vários tipos de cachos (A, B, C, D) e mesmo eu tentando não consigo lembrar como é o meu cacho, de tanto tempo que faz da ultima vez que o vi natural, estranho né?

Vejo vocês em breve 

Lilac - Pattern #1

Já faz um tempinho que queria colocar em prática essa ideia de montar painéis com temas, seja de cores, ou de algum artista/cantora, ou mesmo um objeto ou ideia. Tudo bem Aesthetic/Tumblr, sabe? E hoje aconteceu de ouvir no rádio a previsão para meu signo, Câncer, e a cor-dica era lilás, então resolvi juntar a minha ideia com a previsão do horoscopo e finalmente postar o primeiro Pattern aqui do blog. E vocês me contam o que acharam :) 

Vejo vocês em breve 

6 on 6 (June of 2017)

Acho que essa é a primeira vez em muito, muito tempo que atraso o 6 on 6. Mas ao meu ponto de vista, foi por motivos "bons" até. Como sempre ando muito ocupada, mas esse ocupada nas ultimas semana se multiplicou 30 vezes mais, pelos motivos de: 1 estou fazendo crossfit, que é algo bem legal e interessante e que ocupa boa parte da minha noite e vários dias da minha semana, 2 estou me preparando para um procedimento e tudo na minha agenda anda meio atrasado e 3 tinha trabalhos e mais trabalhos da faculdade para entregar agora começo de junho, então tudo que não fazia parte dessa listinha 1,2 e 3 não se encaixava no meu planejamento. Incluindo fotografar.

O "tema" desse mês era festa junina e dia dos namorados. Bom, infelizmente acho que não consegui fazer nenhum dos dois, seja por falta de interesse mesmo ou por que não houve nenhuma festa junina que valesse a pena ir aqui nas redondezas, cidade do interior, né? Mesmo assim, devo dizer que umas das coisas que contribuíram para que eu não fizesse esse 6 on 6 foi esse tema fotográfico e a insistência dele. Olha, a vida é uma droga as vezes, tudo dá errado e você fica cansado, e só. O 6 on 6 não é a obrigação de algo, é apenas uma projeto legal de fotografia que é divertido fazer. Sem ter que dar satisfação, sabe? Ufa. Ah sim, agora as fotos:
Esse 6 on 6 não está tão inspirado assim, admito, mas para um o post foi mais ou menos um milagre ter saído, está até ok hehe

1 - Minha amiga borboleta (lá em cima)
2 - Plantinhas tomando sol
3 - Celina sendo a preguiça em pessoa, quer dizer, gata
4 - Algodões coloridos
5 - Lego do meu irmão
6 - Nada melhor que um tapete peludinho para se dormir, né?

Sem links esse mês, então que tal dar uma viajada no Tumblr como eu costumo fazer as vezes? Tantas coisas interessantes para ser ver...

Vejo vocês em breve 

TAG - Eu respondo, vocês respondem.

Para quem perdeu os últimos acontecimentos do meu twitter, eu acabei sendo indicada a fazer uma tag de kpop e fiquei totalmente doida, já que quem me indicou foi o Dougie do Why, Dougie? E para quem está se perguntando o por quê de tanta animação é bem simples: 1. essa é a primeira vez que alguém indica o meu blog,  2. a indicação veio de uma pessoa que eu acho muito legal e 3. foi uma coisa tão inesperada e legal que não consigo deixar de ficar animada todo vez que penso nisso. Muito obrigada, Dougie

Mas como esse post já vai ficar gigante, chega de falar da minha animação e vamos falar de SNSD, da TAG. A tag foi criada/modificada pelo blog Old New K-pop e é basicamente sobre nossos primeiros passos no pop asiático. Vamos lá? 

1 - Como e quando você conheceu o K-pop? 

Eu sempre gostei muito de cultura oriental, mas por algum motivo desconhecido acabei nunca procurando sobre jpop/kpop. Foi ai que lá pelo final de 2014 eu estava um pouco entediada do pop americano e resolvi dar uma chance para ouvir coisas novas. Joguei kpop no Youtube e fui me deparando com uma infinidade de coisas. Como eu não conhecia nada de nada, foi clicando e ouvindo, e devo dizer que alguns eu achei horrível, mas quando assisti o MV de Number 9 das T-ara rainhas acabei me encantando, e foi ai que começou meu interesse por esse pop bastante colorido e na minha opinião, muito divertido.

2 - Qual o primeiro MV de K-pop que você assistiu? 

Como eu disse na primeira pergunta, eu meio que sai assistindo vários MVs para ver se gostava de alguma música, mas realmente não me lembro qual foi o primeiro. Mas sei que foram de girl groups, porque mesmo naquela época quando eu não sabia nada, eu já tinha aversão a boy group. Assisti MV das Girls' Generation, T-ara, AOA e acho que das Wonder Girls também, mas infelizmente não posso especificar qual.

3 - Qual foi a primeira impressão que você teve do K-pop?
Minha reação foi um mix de: "o que diabos é isso e todas essas roupas coloridas, cabelos esquisitos e língua (coreano) estranha????????", e 'MEU DEUS DO CÉU COMO EU PASSEI TANTO TEMPO SEM CONHECER ISSO?!!!!"a verdade é que eu achei incrível várias garotas juntas formando um grupo que cantava e dançava,  e mesmo depois de quase 3 anos eu ainda acho sensacional, mesmo sabendo de todas as dificuldades e como as coisas na Ásia funcionam. Para mim ainda é bem divertido.

4 - Você prefere girl group, boy group ou solo? 
Essa pergunta chega até ser desnecessária, mas para ficarmos 100% cientes, eu prefiro e sempre vou preferir girl groups, apesar do drama de fandom me irritar inúmeras vezes. Mas também gosto bastante de solos, e para citar algumas solistas maravilhosas: IU, Taeyeon, Tiffany, Yezi, Hyuna, Luna, GaIn e mesmo não sendo k-pop, Jolin Tsai. E só para esclarecer, não tenho nenhuma implicância com as boy bands não, só as acho desnecessárias. Shinee exceção ;)

5 - Que músicas e MVs você mais gosta e por quê? 

Hmmm acho bem difícil responder isso, uma porque varia bastante e muitas vezes depende do meu humor e como minha semana está sendo. Mas vou citar algumas músicas que tem algum significado a mais para mim e que não consigo ficar mais de uma semana sem ouvir, e MVs que acho esteticamente lindos.

- Músicas: Why - Taeyeon | Palette - IU | Closer - Oh My Girl | Me Gustas Tu - GFriend | Lion Heart - SNSD | A.D.T.O.Y. - 2PM | Genie - SNSD | Rain - Taeyeon | Adore U - Seventeen | Night Into The Sky - After School Red  | Beside Me - Davichi | Fire - Taeyeon | Alone - Sistar | 10 seconds - AOA | Expect - Girl's Day | Heartbreak Hotel - Tiffany | Sting - Stellar | Twenty Three - IU | Knock Knock - Twice | Stay - BlackPink.

- Music Videos: se para mim é muito difícil escolher apenas uma música, escolher apenas um MV é bem fácil, meu favorito é o MV de Across The Universe da Yerin Baek. Amo tanto esse MV que tenho um post feito apenas para ele, para quem quiser ver. Mas além desse MV, curto bastante esses aqui da imagem abaixo :)
Começando lá em cima: Closer, Free Somebody, I Like That, 4 Walls, Across The Universe, Secret, Platonic Love, Heartbrek Hotel e Rain. 
6 - Qual seu grupo ultimate e por quê? 

Bom... obviamente é Girls' Generation, né. Eu falo delas em praticamente todas minhas redes sociais, tenho ataques cardíacos quando sai alguma noticia nova, sigo todas no Instagram, tento acompanhar da melhor maneira possível o grupo e suas integrantes, apesar do meu coreano ser péssimo. É o grupo que eu mais me afeiçoei, e por mim elas seriam um grupo pelos próximos 50 anos, mas sei como as coisas funcionam. Apesar de ser sone de carteirinha, eu dificilmente acho que elas sejam as 'rainhas do kpop'. Isso porque além de gostar delas eu curto várias outras girls band, e bem, não é sempre que SNSD tem as melhores músicas, né?

7 - Quem é sua ultimate bias e por quê?  

Não dá pra escolher apenas uma, ok? Minhas faves são a Taeyeon e Tiffany, porém adoro a IU e Krystal também, então fica uma coisa meio bagunçada. Gosto delas por vários motivos, e todas são diferentes, então não dá pra escolher. Mas se eu tivesse que dizer uma hipoteticamente, eu diria Tiffany, mas aparentemente a SM quer deixa-la no porão depois daquele escândalo da bandeira imperial do Japão, bom, azar o nosso. 

8 - Grupos que você não gosta e por quê? 

Hmm acho que não existe nenhum grupo que eu odeie, geralmente não gosto de boy groups, mas também não jogo hate em nenhum deles. Mas citando alguns que não curto muito seriam Apink, 2NE1, EXO e Twice. Twice geralmente por causa de alguma opinião de fã fanático chato, e toda essa rincha entre sones e onces, EXO pelas fãs chinesas que geralmente xingam a Taeyeon toda santa foto que ela posta no Instagram, Apink por agirem feito retardadas aegyo agora estando mais velhas e 2NE1, acho que é mais indiferença mesmo. Enfim, apenas um e outro.

Bom, nossa, como esse post ficou longo, mas tenho certeza que valeu a pena. Agradeço ao Dougie mais um vez e espero que gostem desse tipo de post, pois gostei bastante de faze-lo. E se você é fã de k-pop sinta-se indicado para essa TAG :)

Vejo vocês em breve 

© Não Seja Julieta. Design by Fearne.