9.30.2015

O Nome do Vento (Patrick Rothfuss)

Eu ganhei essa maravilha em forma de livro do meu irmão, no meu ultimo aniversário. Isso porque eu tinha feito uma wishlist de aniversário aqui no blog pedindo livros totalmente diferentes, mas acabei gostando que ele não tenha seguido meus desejos! 
"O Nome do Vento" é o primeiro livro da saga "A Crônica do Matador do Rei". Nele conhecemos Kvothe, nosso herói, e o começo de toda sua longa jornada em busca de vingança. Passamos pela sua infância, feliz, conturbada e sangrenta, e chegamos a sua adolescência, de fome, conquistas e inimigos. Durante boa parte da história, o único personagem que realmente conhecemos, e 'convivemos' é Kvothe. Sendo uma narrativa em primeira pessoa, sabemos desde de seus pensamentos até qualquer situação que ele enfrente durante a história. Com isso, todos os outros personagens acabam sendo figurantes (pelo menos por um tempo) de uma história que ainda está se tecendo. 
O que faz de Patrick Rothfuss um escritor extremamente talentoso, e faz de Kvothe um dos personagens mais cativantes que já conheci. Porque sustentar uma história com mais de 600 páginas com um único personagem não é pra qualquer um. Certo, J.K. Rowling? :p
Citando dessa maneira, você pode achar que a fantasia de Patrcik Rothfuss é entediante e por vezes monótona. Mero engano. A única coisa que ela se difere é a quantidade de personagens, pois, sim, ela é uma fantasia completa, desde seres misticos a atos heroicos e maldições. Se tornando uma das melhores fantasias épicas da atualidade. 
O livro é publicado pela editora Arqueiro, possui 648 páginas. Foi best seller pela The New York Times além de ter sido elogiada por ninguém menos que George R. R. Martin. Você ainda tem dúvidas que precisa colocar esse livro na sua estante? :)

Vejo vocês em breve
Au revoir

Postar um comentário

Latest Instagrams

© Não Seja Julieta. Design by FCD.