Na estante: Amores Infernais

Essa resenha vai ser um pouco diferente, mais curta e precisa. Bom, tecnicamente esse livro de contos não tem sinopse. Uma porque ele é bem curto, e outra porque é difícil você resumir cinco contos de 50 páginas cada, né? Então como ele não tem um significado meio maluco como "O Estranho Mundo de Zofia e Outras Histórias", resenhado aqui, vou contar rapidinho um pouco sobre cada capitulo e porque esse livro foi um surpresa agradável. 

"Amores Infernais" conta com 5 contos de terror e fantasia. Os escritores que participaram foram: Melissa Marr, Gabrielle Zevin, Scott Westerfeld, Justine Larbalestier e Laurie Faria Stolarz. Comparado ao seu antecessor, "Formaturas Infernais" o livro traz autores menos conhecidos. Por coincidência ou não, as histórias de "Formaturas Infernais", são melhores e mais fortes. Não desmerecendo o segundo livro dessa série, porém é bastante perceptível a diferença entre o primeiro e o segundo. 
 Dormindo com o espírito
Eu não diria que esse conto é triste. Mas a história não é nada feliz. Percebemos que a vida é realmente algo muito frágil, que pode acabar de uma hora pra outra. Mas também que viver em sonhos não vale a pena. 

Abominável mundo perfeito
Esse é um dos contos mais felizes do livro e o único que nos mostra uma história ambientada no futuro. Surpreendentemente foi um dos melhores. Achei os personagens cativantes, mesmo tendo apenas 50 páginas para conhece-los. 

Mais ralo que água
Nesse conto as coisas passam de pouco sombrias para repugnantes. A história é sobre pessoas dos dias de hoje que vivem com costumes do século passado. Moram num vilarejo, provavelmente localizado na Europa e acreditam em fadas e demônios, literalmente. 

Fan fic
Entre todos os contos, nesse as coisas saem realmente de controle. Para alguém invisível, até que ponto a imaginação consegue ir até se tornar loucura? Eu fiquei muito triste depois dessa leitura. E me senti muito semelhante a personagem. 

Perdido de amor
Segunda história de amor infernal que "da certo". Nesse conto somos apresentados aos Selkies, criaturas mitológicas encontradas no folclore da Ilha de Faroé, Islândia, Irlanda e Escócia. São criaturas-focas, no mar são focas e quando andam sobre a terra perdem sua pele de foca e se tornam humanos. Essa história conta sobre um selkie se apaixona por uma humana e vai fazer de tudo para ela se apaixonar por ele também. 
Apesar do livro ser inferior ao primeiro no quesito 'infernal', houve contos que realmente me tocaram. Então acho que isso é um ponto a favor de "Amores Infernais". Agora só preciso adquirir o último livro dessa saga, "Beijos Infernais", e mal posso esperar pelos finais não felizes. O livro é publicado pela editora Galera Record e possui 285 páginas. Viu como essa resenha foi bem rápida? O que acharam do livro? Deixe seu comentário! :)

Espero que tenham gostado
Au revoir

Postar um comentário

© Não Seja Julieta. Design by Fearne.