Diário de Viagem - Maceió #1


"O mundo é um livro, e aqueles que não viajam leem somente uma página."
Bom, estou começando uma nova categoria no blog que vai contar para vocês sobre minhas viagens, que é uma coisa que eu sempre sonhei em fazer, então pra quem é apaixonado por aventuras tanto quanto eu, seja bem vindo. :)

Eu tenho 22 anos, e viajar sempre foi um sonho. Mas como muitos sabem, não é muito barato, e meus pais nunca foram fãs de deixar a casa deles. Aliás, até essa viagem eu tinha uma teoria que eles (meus pais) tinham uma espécie de raiz invisível que os prendiam em casa, na Rua José Mariano. Mas como essa viagem realmente aconteceu (!!!) minha teoria caiu por terra. Mas vamos falar de Maceió?

Maceió é a capital de um dos nove estados da região Nordeste. Situada em Alagoas, Maceió possui monumentos e museus importantes da história do Brasil. O clima de Alagoas, como vocês podem imaginar, é insuportável. Pra quem gosta de verão, e altas temperaturas, é um prato cheio, mas para mim que adoro frio, chuva e inúmeras camadas de roupa, não é o mais indicado.
Ai você vai me perguntar o que diabos eu fui fazer na praia então? Ué, eu não gosto do calor, mas adoro o mar, gosto de praia e principalmente, amo conhecer novos lugares. Então o clima se torna um um contra tempo suportável.

Decidimos viajar no começo do ano. Então fomos até a CVC aqui da minha cidade fechar o pacote. Foi um pacote de 8 dias, que incluía passagens, translado e hospedagem. Houve erros sobre o hotel, mas nada que pudesse realmente estragar a viagem. Aliás, minha cama no hotel era tão maravilhosa, que quase fiquei por lá mesmo.

Quando você chega em Maceió, a CVC tem um equipe que faz o translado até o hotel, e é essa mesma equipe que nos leva até o aeroporto no dia de partida. Do aeroporto Zumbi dos Palmares até o hotel, são oferecido pacotes para passeios pelo estado alagoano e suas praias maravilhosas. Ai você vai me perguntar, mas Maceió não tem praia? Tem sim, Praia de Ponta Verde, entre outras. Porém Maceió é uma região metropolitana, o que significa que muitas de suas praias não são próprias para o banho. É claro que possuem alguma beleza, mas vocês irão entender melhor pela fotos.

Minha família comprou 3 passeios: Maragogi, Praia do Gunga (minha favorita) e Paripueira. Fora a que já havíamos pago no pacote pela CVC, Praia do Francês. As fotos que eu trouxe hoje, mostram nossa chegada em São Paulo, o city tour (muito rápido pro meu gosto) e a Praia do Francês. Os guias turísticos sempre falam sobre algum aspecto histórico e geográfico da região que estamos no dia. A Praia do Francês pertence a união, e essa mesma quer tirar todos os quiosques e bares a beira mar. O faz com que tudo nessa praia seja extremamente caro. Lembro que meu pai quase caiu da cadeira quando recebeu a conta, hehe.

Mas descasos a parte, a infraestrutura da Praia do Francês é boa. Ela é uma praia mais popular, frequentada principalmente por surfistas. Também há muitas ciganas e é claro senhoras com suas tatuagens de rena. Aliás, eu não tenho sorte com essas tatuagens. TODAS saem horríveis, além de eu sempre bancar a esperta e molhar antes da hora. Complicado, né?
Até então eu só conhecia o litoral paulista, que foram responsáveis por essas fotos aqui. E posso dizer que o litoral alagoana é realmente uma experiencia incrível. A água da Praia do Francês é cristalina e super azul, tipo azul marinho e as vezes azul céu hehe. Além da brisa maravilhosa. O que te dá a sensação de não estar muito quente ou o sol não estar forte. Mero engano. No primeiro dia fiquei com queimaduras horríveis, aquele tipo de não conseguir deitar na cama mesmo. Por isso um conselho, SEMPRE use bastante protetor solar, principalmente em praias como essa. Eu passei o que eu normalmente passo, e não foi o suficiente. Mas nada que atrapalhasse a viajem.
Se vocês repararem nas fotos, a Praia do Francês possui uma barreira, que é uma barreira de corais e outros tipos de coisas. Essa barreira quebra as ondas. O que deixa o lugar onde as pessoas entram super tranquilo, uma boa para crianças que nem meu irmão que adoram o mar e não param um segundo hehe. Sem grandes perigos.

Continuando, foram horas de diversão, e memórias incríveis, como só um lugar desse pode proporcionar.  O tempero da comida nordestina tem muita noz moscada, o que não agradou muito meus pais, mas eu gostei bastante. A Praia do Francês não ofereceu outros passeios além daquela praia mesmo. O que eu não me importei, pois como era o segundo dia de viajem, todos estavam bem cansados por conta dos voos.




















Bom pessoas, essa foi a primeira parte do diário de viagem. Creio que haverá mais 2 partes, preciso editar algumas fotos ainda. Porém certeza que mais um sai até o final do mês. Estou mudando algumas coisas no blog, além de posts frequentes, o layout vai muda também. Mal posso esperar para vocês possam ver o resultado! :D
Espero que tenham gostado, porque essa foi uma viagem incrível <3 Ficou com alguma dúvida? Comenta ai ;)

Vejo vocês em breve
Au revoir

Postar um comentário

© Não Seja Julieta. Design by Fearne.