5.26.2015

← Bon voyage →

Vou viajar com minha família pela primeira vez na história. E isso me deixa tão feliz e ansiosa que não consigo me expressar corretamente. Não que haja algo para dizer, é só, OMG NÃO TÔ ACREDITANDO!!!!!!!!! O blog vai ficar parado por mais ou menos uma semana, mas já estou preparando meu diário de viagem. Vejo vocês em breve :) 

Destino - Maceió 

5.22.2015

Journey

Além de cinema, livros, fotografia e animações, eu sempre fui apaixonada por games. Eu lembro do meu irmão ganhando seu primeiro console, um Super Nintendo quando eu tinha 8 anos de idade, e gente, o que foi aquilo? Eu passava horas vendo meu irmão jogar, completamente viciada. Mas quando ele ganhou o Playstation 1, eu parei de assistir e comecei a jogar. Entre títulos como Tomb Raider, Resident Evil. Driver, Crash, eu me sentia muito foda, sabe aquele tipo de sensação que apenas jogos loucos como esses e uma mentalidade infantil consegue produzir? Então. 
Com o passar dos anos, meu irmão continuou comprando os consoles que eram lançados, e seus jogos. porém meu interesse diminuiu, não porque alguma coisa era ruim, mas porque eu comecei a ler, a assistir filmes, a fotografar, estudar, trabalhar, e o tempo foi se tornando escasso. É difícil ser nerd.

Mas algumas vezes, e tenho que dizer, que são maravilhosas, aparecem jogos incríveis que eu simplesmente não posso ignorar. Alguns exemplos são: Uncharted, Life is Strange, Limbo, Shadow of The Colossus, Ico, The Last of Us, Heavy Rain, Beyond: Two Souls. Sabe, são jogos que realmente te dão uma experiencia fantástica. É muito mais do que horas perdidas na frente da televisão, são horas incríveis, com personagens cativantes e histórias dignas de Tolkien. 
Essa pequena introdução foi para exemplificar o quando o universo da fantasia me atrai. Além de livros e filmes, eu me encontro sempre imaginando como a jornada de cada personagem que conheço dentro dos jogos continua. É uma história sem fim.

 E falando de história sem fim, vamos falar de "Journey"? Porque dentre todos os games que já tive o prazer de jogar, Journey é um dos favoritos. É uma experiencia curta, mas completamente fascinante. Não, eu não vou te dizer o que o jogo realmente é, porque isso você descobre no final, e é maravilhoso. Mas eu vou te falar por que você deve joga-lo. Além da trilha sonora fantástica, ele é bem simples. Você controla uma figura encapuzada que tem que chegar a montanha iluminada. E pelo caminho você encontra outros jogadores, vestidos do mesmo modo que você, que podem te acompanhar nessa jornada. Você também encontra 'palavras' que ao se juntar ao seu cachecol, te permite flutuar por alguns segundos. Essas palavras também controlam tudo nesse mundo de Journey. Além de contar as histórias que você encontra nas paredes dos templos. O jogo foi aclamado pela critica especializada, e sua trilha sonora foi indicada ao Grammy de Melhor Trilha Sonora para Mídia Visual. Journey é a perfeita junção de música com imagens o tornando uma experiencia memorável.

Era uma sábado a noite quando eu joguei Journey, e estava sozinha em casa, porém encontrar outros jogadores, me deu uma sensação genuína de companheirismo. E eu nem preciso dizer que eu chorei no final do jogo, né? Mas de qualquer maneira, vale muito a pena. São por histórias como essa que eu me apaixono pela fantasia cada dia mais. E eu não viveria na realidade nem por todos os galeões do mundo. Espero que tenham gostado, pois eu adoro esse universo, e pretendo trazer o assunto para o blog novamente :) 

Au revoir

5.20.2015

8 livros para ler até o final de 2015

*Maio começou* (nem preciso dizer que o post está atrasado, né) e eu decidi lançar sobre mim mesma um desafio (sei que você pensou em feitiço). Quero ler 8 livros da minha estante e resenhar los até o final de Dezembro de 2015. E preciso dizer que isso é muito desafiador, pois eu realmente estou sem tempo para nada. Entre aulas de dança, trabalho, blog, e preparativos da viagem. Mas vamos lá!
Ratos - Gordon Reece
O primeiro livro, comecei bem no começo de maio, e estou ansiosíssima para resenhar esse livro para vocês, uma vez que ele é incrível!
O Estranho Mundo de Zofia e Outras Histórias - Kelly Link
Esse livro me conquistou pela capa, sim eu sei que eu não deveria cair nesse tipo de tentação novamente, porém uma amiga me disse que o livro é muito bom, vamos ver. :)
Feios - Scott Westerfeld
Comprei esse livro de uma amigo, e paguei a bagatela de 10 reais, sim. E detalhe, estava até com plastico, em perfeito estado. Pra mim a coisa mais intrigante dele é o titulo, me deixou curiosa.
As Crônicas de Nárnia - C.S. Lewis
Quando eu li "As Crônicas de Nárnia" foi na mesma época de Harry Potter, ou seja, quando eu tinha 10 anos. E agora com 22, eu quero reler e vivenciar a história de C.S. Lewis com mais detalhes.
Clube da Luta - Chuck Palahniuk
Quem nunca ouviu falar do filme Clube da Luta? Eu ouço desde de criança. Não eu nunca assisti o filme e sim eu sei sobre o twist do final, porém, eu fiquei curiosa como isso se desenvolve em palavras e decidi ler o livro antes do filme. Será que terei alguma surpresa?
Amores Infernais - Melissa Marr, Gabrielle Zevin, Scott Westerfeld, Justice Larbalestier e Laurie Faria Stolarz
Um livro de contos. Eu li "As Formaturas Infernais" quando estava no colegial, e fiquei completamente apaixonada. Como "Amores Infernais" segue a mesma linha de ideia, quero ver se esse livro pode me surpreender tanto quando seu antecessor.
Alfred Hitchcok e os Bastidores de Psicose - Stephen Rebello
Esse livro lindo de Stephen Rebello está na minha estante há algum tempo, e pretendo traze-lo assim que assistir novamente Psicose, para, você sabe, conseguir expressar toda a obscuridade da história Norman Bates.
Água para Elefantes - Sara Cruen
Eu já assisti o filme. =( Sim, eu sei, triste, e eu nem gostei muito do filme, mas eu espero que o livro possa salvar alguma parte da história que as telas de cinema estragaram.
Bom esses são os livros que com quase toda certeza eu vou conseguir ler até o final do ano. Isso se eu não der a louca e comprar mais livros, e ler esses antes dos que eu me programei. E você? Tem alguma lista de leitura também? Comenta ai ;)

Au revoir

5.18.2015

Entre portas

Nem preciso dizer que na ultima semana eu nem consegui respirar direito. (*oito dias sem postar nada no blog) Eu nunca estive tão atarefada em todo minha vida, e pra ser sincera, acho isso ótimo. Quando você tem inúmeras coisas para fazer e se preocupar, você evita que sua mente divague e pense coisas desnecessárias. Como diria minha mãe, "Mente vazia, oficina do Diabo." E por mais cômico que soe, funciona exatamente assim. Viagem, faculdade, inglês, trabalho e blog. Além de ser fangirl da Taylor. Não está sendo fácil.
Eu já mostrei nesses posts aqui e aqui fotos gracinhas de coisas que eu reparo. Como janelas, e bibliotecas. (as vezes acho que só eu hehe) E hoje resolvi trazer vários tipos de portas. Parece meio vazio, mas acho que portas são um 'detalhe' lindo e que faz toda diferença. Infelizmente minha imaginação não anda funcionando muito bem ultimamente, então não usarei muitas metáforas nesse post. :(( Mas as fotos falam por si :)
Eu acho que a porta de entrada da sua casa pode dizer muito sobre você. Ela pode deixar transparecer muito da sua personalidade. Eu vivo tentando fazer minha mãe mudar as portas aqui de casa, mas né, a maioria das vezes ela acha que eu to louca mesmo hehe. Vale lembrar que as portas não são e nem precisam ser apenas das nossas casas. Estabelecimentos comerciais também contam, e muito! Quando eu tiver minha livraria vai ser bem assim :P
Espero que tenham gostado, eu não consegui escolher poucas fotos, como vocês podem ver. Porém eu me reservo no direito de dizer que não há (quase) nenhuma porta igual a outra, então eu precisei colocar todas. :)

Boa semana
Au revoir

5.10.2015

Na estante: O Circo da Noite

O que dizer desse livro que criei tantas expectativas e poucas foram cumpridas? Quando eu o encontrei, sim encontrei porque ele estava numa prateleira do canto, intimidado por livros maiores do que ele, escondido. Quando eu o encontrei, encarei aquela capa maravilhosa, com a ilustração de um circo preto e branco e seu titulo impresso em letras que mudam de cor, eu pensei, hmm esse livro deve ser bom. Mas nós sabemos que não podemos julgar o livro pela capa, nem por bem e nem por mau. Então eis aqui uma surpresa desagradável. 

Eu não gosto de dizer "Não leia esse livro, é ruim", então vou dizer o que não me agradou nele. Ele é longo demais. E cansativo, porque ele tenta dizer algo não dizendo nada, e depois da décima vez, você fica de saco cheio. E ele vai e volta no tempo, passado, presente, futuro, o que de nenhuma maneira eu acho ruim, porém precisa ser algo coeso, o que passou longe das mudanças cronológicas. Eu, que li já As Crônicas de Gelo e Fogo, consegui me confundir com esse livro. 

Os personagens também são um problema. Eles são chatos. O casal principal, Célia e Marco não chegam nem a me deixar ansiosa com suas juras de amor. Eles não são explorados pela a autora, eu terminei o livro sem saber nada dos dois. Eu não creio que isso seja bom, pois você precisa fazer com que o leitor se apaixone pelo personagem, isso é obvio. Nós, leitores, adoramos nos encantar pelas particularidades dos personagens, obrigada. Mas parece que a autora Erin Morgenstern se esqueceu disso.

Outro ponto fraco do livro, é que ele tem personagens secundários que poderiam salvar a história, mas pouco importa, pois eles também são chatos e pouco explorados. A conclusão é: a autora tinha uma boa história, bons personagens, e boa ambientação (o Circo), porém ela se mantém na superfície. Ela não mergulha na fantasia, ela se prende no erro de transformar a magia da história em pura realidade, cinza e chata.
A história é descrita como um "Romeu E Julieta" moderno, porém não se engane. Se você espera juras de amor eternas e trágicos acontecimentos, a história de "Circo da Noite" vai te dar um punhado de enrolação e um amor que não cativa. Esse é um livro que poderia ter contado um boa história, porque há boas ideias, mas no final, ele só é uma genérica história de amor, fadada ao esquecimento.

Tirem suas conclusões, porém eu não preciso dizer que toda leitura é válida. Lendo esse livro eu entendi como boas ideias as vezes não funcionam se você não tiver o ritmo certo, então, foi um aprendizado. Publicado pela Intrínseca <3, 365 páginas. Poderia ter sido melhor.

Vejo vocês em breve :)

5.08.2015

Once Upon a Time

Once upon a time there was a girl who used to have curious thoughts. She thought about create things. She thought about share words with unknown people and record her lifetime in week days posts. She also wanted to capture everthing sparkly and beautiful that she could put her eyes on. It's a pleasure to announce that the girl who used to live in a daydream story is now steping outside and writing her first post. Some things are made to live only in our imagination, but dreams are not the case. I hope you see it. From an unofficial-eternal Story Teller, welcome. 
Au revoir

Nota da autora: eu escrevi esse texto para uma atividade das minhas aulas de inglês, e decidi não traduzir. Ele foi feito para ser em inglês, enjoy it!

5.06.2015

The 1989 World Tour

[post editado entre 04/05 a 05/05 - dependendo de atualizações]

Vamos falar de Taylor Swift? Vamos, sim. Quem acompanha o blog, ou meu Instagram sabe que eu sou totalmente fangirl da Taylor. E agora que a The 1989 World Tour vai começar, eu decidi trazer um update sobre ela aqui no blog. Taylor Swift é uma das minhas coisas favoritas (no mundo), assim como minha gata e meus livros, então combina perfeitamente com o blog. É estimado (por algumas reportagens) que a The 1989 World Tour seja a maior turnê da Taylor, e consequentemente suba algumas posições no ranking de turnês mais lucrativas de todos os tempos. Por ser uma turnê em estádios de futebol, alguns jornalistas apontam que ela pode chegar ao nível da Madonna e Michael Jackson. Maravilhoso, não? Vem samba por ai? Vem sim, pode apostar.

Feraless Tour
Speak Now World Tour
RED Tour
A Taylor sempre conseguiu com que seus shows tivessem uma atmosfera mágica (fotos acima). Foi assim com a Fearless Tour (2009-2010), com a Speak Now World Tour (2011-2012) e com a RED Tour (2013-2014). Em cada uma das suas turnês ela faz com que a experiencia seja fascinante. Porém falar especificamente sobre as 3 ultimas turnês da Taylor pode acabar se estendendo um pouco, então hoje vou focar mais na The 1989 World Tour e suas novidades.

- Era 1989 - 
1989 é o quinto álbum de estúdio da cantora norte americana Taylor Swift. É seu primeiro e oficial álbum Pop. 1989 entrou para história como sendo o único álbum em 2014 a vender mais de 1 milhão de cópias na primeira semana, e após dois meses de lançamento, ultrapassou as vendas da trilha sonora de Frozen, lançado a mais de um ano. 1989 permaneceu em #1 no topo da Billboard por 11 semanas não consecutivas, e 25 semanas no Top 5 da Billboard, uma marca que apenas grandes nomes da música alcançaram. Atualmente se mantém no Top 10 da Billboard, vendendo aproximadamente 50 mil cópias por semana, e sendo o único álbum em 2015 a vender 1 milhão de cópias (até agora). Pelas ultimas atualizações, 1989 contabiliza mais de 7,3 milhões de cópias vendidas em todo o mundo.

#1 Show - Tokyo - The 1989 World Tour
Ok, eu precisei de muita concentração para conseguir relatar o que foi esses dois shows em Tokyo nos dias 05 e 06/05. Sim, a turnê tá completamente diferente. Não há mais as performances teatrais que estávamos acostumados, É algo mais agitado, e limpo, visualmente. Tem muita dança e interludes. Sua banda, The Agency continua com ela, e as Starlights (backing vocals) também. Taylor conseguiu a proeza de lotar em duas noites consecutivas Tokyo Dome, um feito antes apenas realizado por artistas ocidentais como: Mariah Carey, Madonna, Céline Dion, Janet Jackson. Alguma dúvida que essa turnê vai trazer novos recordes para nossa loirinha? :)
Foram no total 11 trocas de figurinos, e 18 músicas performadas. Infelizmente, as fotos em alta qualidade estão demorando para sair, por isso, o show pode parecer meio 'vazio' mas é só questão de tempo até ela fazer mais shows. Alguns dos interludes são: Taylor segurando suas duas gatas, Meredith e Olivia. As amigas Selena Gomez, Cara Delevngne, Karlie Kloss e Jaime King, falando sobre a Taylor. E um dos mais bonitas é durante a música Clean, as imagens são de tirar o folego.
E uma das coisas mais legais do show, é que cada fã recebeu uma pulseira que muda de cor dependendo da batida da música, o que ocasionou um efeito lindo no show. Além do tradicional Meet and Great que a Taylor mantém gratuito, os escolhidos para irem até lá são os fãs com as roupas mais criativas e mais animados! Antes foi chamado de T-Party e Club RED. Nessa nova turnê se chama Loft '89. Amorzinho <3
Out of The Woods
Mash up de Enchanted e Wildest Dreams
Out of The Woods
How To Get The Girl
Welcome to New York
New Romantics, I Wish You Would e We Are Never Ever Getting Back Together
Algumas curiosidades: 
Após "Style", fogos de artifício são liberados
Aviões de papel LITERALMENTE voaram durante "Out Of The Woods"
Ao final do show, no telão, apareceu a mensagem secreta de "Clean" (Ela o perdeu, mas se achou e de alguma forma, isso foi tudo)
Taylor fez dois discursos, vocês podem lê-los aqui.

Como eu disse, há poucas fotos ainda, mas espero que tenham gostado desse pequeno post totalmente fangirl aqui no blog :) Eu estou muito ansiosa com a turnê, e espero que a Taylor decida trazer para o Brasil dessa vez, seria um sonho se realizando!

Au revoir

Todas as informações foram retiradas das respectivas páginas: Swift World Br, The Agency BR e Taylor Swift RED Tour 2013

Latest Instagrams

© Não Seja Julieta. Design by FCD.