3.15.2015

Na estante: Garota Exemplar

Para começo de conversa, "Garota Exemplar" não chega nem perto do que eu imaginei que seria. E aposto que você vai tomar o mesmo susto quando entender o porque. Lendo a sinopse, fugindo de spoilers no Facebook, imaginando o que os olhos de Amy quase desaparecendo na capa do livro queriam me dizer e me perguntando o que o Rio Mississipi tinha em conexão com tudo aquilo. Ah, todas as coisas que Amy não é...
Geralmente, quando conhecemos alguém, nos concentramos em saber o que as pessoas são. Quais são seus gostos, seus jeitos, manias, defeitos, qualidades, tamanhos e medidas. Seus limites e seus espaços. Queremos um prato completo, estamos perdidamente apaixonados ou simplesmente feliz por ter aquela pessoas em nossas vidas. E quanto mais devoramos dela, mais doce tudo fica. O problema é que esse açúcar em excesso nos cega em períodos de tempo essenciais.
Nick Dunne não é um marido exemplar e Amy Elliott é a garota perfeita. Até o dia que Nick a perde. A partir desse dia, algumas coisas vão mudar e outras só se tornarão aquilo que sempre foram, cruas, feias e podres. De praxe, Nick se disponibiliza a ajudar a policia no que for preciso. Ele quer Amy de volta. Mas por que algumas vezes - se não todas - a vontade de Nick parece simplesmente um boa mentira? O que Amy e Nick fizeram um para o outro? E como isso vai terminar? Gillian segura até seu último folego nesse suspense literal.
Falando na autora, Gillian Flynn tem um dom para a escrita, definitivamente. Ela consegue nos mostrar diferentes facetas de uma mesma pessoa ou esconde-las muito bem. E recentemente foi elogiado pelo mestre do horror Stephen King, você discordaria dele?
O livro é dividido em três partes, todas se passam no mesmo período de tempo. Houve partes que me deixaram desanimadas, mas eu precisava saber o fim dessa história que começara em Nova Iorque e terminaria em Missouri. Ler "Garota Exemplar" foi como pegar um suspense genérico, esperar pelo golpe de foice e ser abatido por uma dose de veneno. O ponto é o seguinte, Gillian só reafirma uma coisa que nós todos sabemos muito bem, mas preferimos fingir não vermos: nada é o que parece.












Quando eu decidi ler "Garota Exemplar", eu tinha acabado  de ver o trailer do filme, estrelado pela maravilhosa Rosamund Pike <3. Mas como eu odeio filmes baseados em livros (menos Harry Potter* com ressalvas) eu sabia que não conseguiria assistir o filme sem antes ter lido o livro. Foi ai então que eu decidi me aventurar pela escrita de Gillian. Sendo sincera, eu odeio livros com capas de filmes, eu seria uma pessoa muito mais feliz se tivesse conseguido comprar "Garota Exemplar" com essa capa aqui. Já citei que a Intrínseca faz capas perfeitas? Pura verdade :)
"Garota Exemplar" é um bom livro de suspense e drama, e pra quem é realmente apaixonado pelo gênero, indispensável na sua estante :)

Espero que tenham gostado ^^
Au revoir

Postar um comentário

Latest Instagrams

© Não Seja Julieta. Design by FCD.