Mudanças

Gostaria de compartilhar que o blog alcançou 1000 visualizações hoje! Que lindo! Muito obrigada, isso me deixa muito animada, em comemoração fiz mais um post hoje! uhul 

Cada pessoa tem um mecanismo de defesa (ou ataque) interno que é ativado em diferentes situações. O meu ativa quando eu passo por mudanças emocionais. Sempre que isso ocorre o resultado varia entre duas opções: ou eu mudo meu cabelo, ou eu mudo meu quarto. E hoje, gostaria de mostrar a vocês um pouquinho das fases que meu cabelo é obrigado a se submeter mediante as minhas emoções. :D

Pra quem me conhece de longa data, além da minha família, sabe que meu cabelo não é hoje nem de perto o que ele era a uns milhares de anos atrás. Falando assim parece que eu vivi nos tempos das cavernas, mas não foge muito disso haha. E antes que me venham atormentar, eu amo cabelo cacheado. Mas não havia meios de fazer meu cabelo ficar quieto, ele tinha vida própria, e acho que ainda tem...

De 1992 a 2012
Sim, sou adepta da escova progressiva. Mas confesso ter odiado os primeiros resultados, parecia que meu rosto não se encaixava naquele cabelo liso e reto. E eu comecei a clarear, porque tinha colocado na minha cabeça que queria o cabelo platinado haha. 

Final de 2012 - começo 2013

2013
Pois bem, como dá pra perceber eu pintei o cabelo várias vezes em 2013, a parte legal em mudar é que você se sente renovada, porém tinta prejudica muito o cabelo, e ele foi ficando cada vez mais ressecado. =( E então eu tive a brilhante ideia de descolorir. Eu queria chegar naquele ruivo natural lindo e maravilhoso, porém o resultado nunca foi 100%.

Ainda em 2013

Final de 2013 - começo 2014
Com esse ruivo natural, veio minha amada franja, que me deixa louca dia sim e dia não. O problema, é que porque eu tenho muita química no cabelo, por causa da progressiva, a tinta nunca pegou certo, nunca. Sempre ficava raiz, deixando o ruivo com uma aparência muito feia =( Eu realmente tentei manter esse tom, mas o laranja apagado começou a me irritar, eu queria ele num tom mais vermelho sabe? Eu diria que eu consegui, porém esse tom durou apenas 5 dias! hahahah e não importava o quanto eu procurasse na internet, todos os blogs diziam a mesma coisa, esse tom quem que pintar de 10 em 10 dias. O que era impossível pra mim, porque meu cabelo já estava começando a quebrar.

2014
Foi então, com muita dor no coração, que eu decidi voltar na cor que eu tive a um ano atrás, meio vinho, meio vermelho, meio não sei o nome hahhaa. Mas é linda, gosto tanto quanto o ruivo. <3 Nas primeiras vezes que eu pintei, a cor desbotou muito, sempre voltava um pouco pro laranja. 

Maio 2014
E finalmente, acertei minha franja, que antes era reta, pra uma com um corte mais romântico e curvado :) Eu cheguei na cor que eu queria, pelo menos por enquanto, já avisando aos meus cabeleireiros de plantão, que minha próxima mudança de sentimentos fará meu cabelo ficar azul. Brincadeira gente, se eu pintar mais uma vez fico careca. Essa cor 'vinho' fica bem escura nos primeiros dias, e depois fica um vinho lindo e quente, que eu amo. <3

Nowadays
Eu passei por muitas coisas nesses últimos 2 anos, muita coisa mudou, e continua mudando, e eu não tenho nem um pingo de medo de trazer essas mudanças pra fora, sabe? Sentir na pele, ou nesse caso, no cabelo. Mudanças fazem parte da vida, e espero que muita coisa mude ainda, sempre tem como melhorar, sempre. As vezes só não enxergamos. 

Minha mãe e minha cunhada dizem até hoje que elas me preferem com o cabelo cacheado, eu sinto falta, algumas vezes, mas não voltaria pra nenhum desses estilos anteriores. Isso me fez lembrar as mudanças da Taylor, mas isso é assunto pra outro post :) 

Espero que tenham gostado 

Au revoir

Postar um comentário

© Não Seja Julieta. Design by Fearne.